Vai vovô, me conta mais!

“Quando era criança, como você, as moedas de centavos valiam muito. Eram gordinhas e pesavam bastante … Eu achava até que eram de prata! Quando minha mãe, ou seja tua bisavó, pedia pra que fôssemos até a barraquinha de frutas e verduras, eu perguntava se podia ficar com os centavos do troco e tinha o costume de guardá-los em uma lata de bolachas.” -Mas vovô, ´pera aí, as bolachas não são vendidas em latas, são pacotes. “Meu bem, quando eu era criança as bolachas a gente comprava em latas”. -E avô, o que você fazia com as moedas guardadas? “Ah, esse é um assunto pra nosso próximo lanche juntos” -Não, não, não! Quero saber mais …..

Sim, os laços entre netos e avós são fortes e maravilhosos, poderiam bater-papo a respeito de muitos assuntos, horas a fio. Por isso, desde o Clinkky, confiamos em vocês avós, mestres da vida e da sabedoria, que com seu amor e sua paciência, mantém vivas as histórias de família, por meio de seus relatos orais. E por que não contar para os mais novos sobre suas formas de poupança, seus segredos e suas memórias. Convidamos a todos os avós do mundo a compartilhar seus contos e espertezas relacionados à poupança. Ninguém melhor que um avô, uma avó, para emocionar um neto ou neta e assim lhe ensinar o verdadeiro valor do dinheiro.